#11 - Lista da semana

25 - Adele
disco 25, da Adele, já tá inteirinho no no spotify Minha preferida, por enquanto, é I miss you. Baby, don't let the lights go down.

Tá chegando a Flip...
No dia 29 de junho começa a Flip, a famosa Festa Literária de Paraty. Será a primeira vez que eu estarei por lá e eu não poderia estar mais animada! Ainda mais com a autora homenageada, Ana Cristina Cesar, que já apareceu por aqui em outra Lista da semana e é com certeza uma das minhas escritoras preferidas. Fique de olho no meu Instagram e no Facebook que eu vou postando tudinho de mais legal que rolar por lá ;)

#Gaypride

Se você ainda não viu, tem vídeo novo no canal do Coração Nonsense! Uma listinha bem gaypride, já que junho é mês do orgulho gay. Vai lá ver e me diz o que achou ;)

Carpool Karaoke
Eu sou completamente apaixonada pelo James Corden. Acho ele uma das pessoas mais legais do mundo todo. Junta isso com Karaokê, a minha coisa preferida vida e... it's a match! Adoro o quadro Carpool e esse com a Selena Gomez tá demais <3

Wake up, bitches!
Hoje tem uma festa muito massa no UP bar pra arrecadar fundo pra Marcha das Vadias de Londrina! Não dá pra perder! Cola lá ;)

"A Marcha das Vadias é um movimento surgido no Canadá contra a cultura do estupro, contra a cultura de culpar a vítima e julgar seu comportamento, suas roupas e seu passado. O caso do estupro coletivo acontecido recentemente no Rio de Janeiro, a reação de autoridades envolvidas e da população em geral nos mostra que essa luta está longe de terminar.

Por isso, dia 02 de julho tem Marcha das Vadias e vai ser lindo!
Só que para ser lindo precisamos de cartazes, faixas, carro de som e etc. Então sexta feira, dia 24 de junho, algumas das DJs mais bacanas da cena local se unem para uma festa em prol dessa causa: Amanda Corazza, Iakyma Lima, Caroline Dutra, Priscilla Faria e Katy Kakubo ♥."

Quando? 24/06 a partir das 21h
Antes das 23h R$7
Depois das 23h R$10
Arte: Manoela Silva

Do amor e outros demônios

Clare Elsaesser
O amor fez pouco caso do corte
Do sangue estancado
Do molhado do corpo

O amor tirou minha roupa
E me forçou a decorar sonetos
Exaltar poetas homens
Casar no papel com o cânone

O amor riu das minhas faltas
Perdoou meu pouco caso
Desfilou na avenida com buquês e confetes
(Apesar da fragilidade)

O amor me tacou um grão de arroz no canto do olho
Despetalou a flor vermelha
Colocou pra secar a pétala e já não lembra mais onde

O amor não é bonitinho
É um cão abandonado
Cheio de verme e de raiva

Que levado pra casa
De banho tomado
 Foge no outro dia
Deixando o portão aberto.

#10 Lista da semana

Festival Varilux
O Festival Varilux de cinema francês começou! Tem um monte de filme massa e super fora de circuito - pelo menos fora das capitais. A programação de Londrina tá aqui ó, mas você pode verificar as de outras cidades no site. Pra quem fica perdidinho com tanta opção, Mon roi (da foto), Agnus dei, Marguerite e Um belo verão estão na minha listinha. Me conte quais estão na sua! ;)

Oversized desconstruindo a silhueta e empoderando as minas
Esses dias teve um post por aqui sobre o oversized e o quanto eu estou amando essa pegada mais solta, de silhueta desconstruída. Eis que a leitora Cheel Morais (valeu! <3) comentou e apontou este post aqui, lá do Modices, e eu não poderia amar mais! Ó meu trecho preferido aqui:
Não é que todas as pessoas que optam pela silhueta desconstruída estejam fazendo uma “declaração de resistência” consciente. Mas a quebra dos padrão mulher-sexy-olhem-minhas-curvas acontece. A silhueta desconstruída se baseia da combinação do longo com o longo, do oversize + oversize, do exagero das formas em busca do conforto, diversão e uma posição em relação à moda. É uma tendência democrática, simples e que não requer que você compre nada novo para “fazer parte”. A cara dos novos tempos, não acha?
Henn Kim: para amar e tatuar
Já tinha visto as ilustrações da Henn Kim pelo pinterest e amado. Então ontem o Arthur Duarte, um dos ilustradores do cabeçalho lindo aqui do blog, veio me falar sobre ela, e o amor se reacendeu e se aprofundou. Que mina foda! É exatamente meu tipo de coisa e a minha vontade é tatuar todos os desenhos no meu corpinho! Me segura <3 Mas sério, conheçam e se apaixonem. Ela é maravilhosa!

The Last Shadow Puppets

Já falei de The last shadow puppets lá na página do Facebook (já curtiu?) e repito aqui: que duo, migs. A banda é composta por Alex Turner (#crush), do Arctic Monkeys, e Miles Kane, do The Rascals. É muito amor. Ouçam :)

Pra continuar sendo weird
Apenas um lembrete aos outsiders do mundinho. Não mudem.

Vídeo: Livros da adolescência feat. Luisa Accorsi


Eu e a Luisa Accorsi dividimos com você os livros que marcaram a nossa adolescência (aka fase mais complicada dessa vidinha).

Inscreva-se no meu canal pra ver mais vídeos como esse :)

ME SIGA POR AÍ:

Instagram
Facebook
Youtube
Snap: moraeslayse

SIGA A LUISA POR AÍ:

Blog
Youtube
Instagram
Snap: luisa.accorsi

#9 Lista da semana: cinco poemas de autoria feminina

Ana Cristina Cesar
é muito claro
amor
bateu
para ficar
nesta varanda descoberta
a anoitecer sobre a cidade
em construção
sobre a pequena constrição
no teu peito
angústia de felicidade
luzes de automóveis
riscando o tempo
canteiros de obras
em repouso
recuo súbito da trama

Adélia Prado
Corridinho

O amor quer abraçar e não pode.
A multidão em volta,
com seus olhos cediços,
põe caco de vidro no muro
para o amor desistir.
O amor usa o correio,
o correio trapaceia,
a carta não chega,
o amor fica sem saber se é ou não é.
O amor pega o cavalo,
desembarca do trem,
chega na porta cansado
de tanto caminhar a pé.
Fala a palavra açucena,
pede água, bebe café,
dorme na sua presença,
chupa bala de hortelã.
Tudo manha, truque, engenho:
é descuidar, o amor te pega,
te come, te molha todo.
Mas água o amor não é.

Angélica Freitas
Eu durmo comigo

eu durmo comigo/ deitada de bruços eu durmo comigo/ virada pra direita eu durmo comigo/ eu durmo comigo abraçada comigo/ não há noite tão longa em que eu não durma comigo/ como um trovador agarrado ao alaúde eu durmo comigo/ eu durmo comigo debaixo da noite estrelada/ eu durmo comigo enquanto os outros fazem aniversário/ eu durmo comigo às vezes de óculos/ mesmo no escuro sei que estou dormindo comigo/ e quem quiser dormir comigo vai ter que dormir do lado.

Alice Sant'anna
Ausência

tenho te escrito com calma
cartas em um caderno azul
arranco da espiral e não posto
por preguiça ou nem morta
tenho medo da espera
durante dias ou semanas um animal horrível
(espécie de raposa) vai me perseguir
por dentro, ou serei eu mesma
(um rato?) a me roer
enquanto a resposta não chega
perco muito tempo tentando
dar nomes aos bichos
que sobem a cortina do quarto.

Lorena Martins
A tempestade

no último degrau
(suspiro)
pro inferno carregue
teus sapatos vermelhos
teu suspeito convite
para dançar

respire
no the end
tudo o que eu digo é
lamento
não há como chover mais
neste dia embriagado

de solidão
sigo atropelável
pedindo suco de laranja
às lágrimas
pro vendedor de guarda-chuvas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...